Pedacinho de terra
Autores: Muniz Teixeira e Benedito Seviero

Os modernos maquinários que a indústria desenvolveu
Toda produção de grãos na agricultura cresceu
Mas um grande desemprego na lavoura aconteceu
E o trabalhador da roça o seu serviço perdeu
Os grandes proprietários trocaram por maquinários
Tantos empregados seus

O trabalhador da roça ficou sem atividade
Teve que encostar a enxada e mudar contra a vontade
Hoje em todas capitais gente é uma barbaridade
E na capital paulista vive a maior quantidade
Veja que grande sufoco é um trombando no outro
Pelas ruas da cidade

E o trânsito em São Paulo transformou-se num tormento
São milhões de automóveis nas ruas em movimento
Quando é horário de pico forma congestionamento
Motorista fica preso horas no engarrafamento
Até o ar se embassa com o excesso de fumaça
Que sai dos escapamentos

Deus Há de iluminar nosso ilustre Presidente
Para que seja implantada a reforma agrária urgente
Tem milhares de famílias esperando anciosamente
Um pedacinho de terra pra plantar sua semente
É uma necessidade para tirar da cidade
Essa multidão de gente

Vídeo incorreto?