Fim de um império


Na beira do fogo do inferno
É o fim de um império
Na linha do tiroteio
É o fim de um império
De novo, de novo, de novo
É o fim de um império

Um começo, um fim, uma ascensão e queda
Nenhum sistema eterno e ninguém imortal
Criação; tudo deve terminar em destruição
Nós não podemos mudar o destino da civilização

Começo, fim
Construímos os símbolos de poder
Ascensão, queda
Construções de uma mente mortal
Esperança de vida
Conquiste em nossa hora mais brilhante
Mortal
Mas então, todos nós deve cair com o tempo

Através do espaço e do tempo
Não podemos fugir desse paradigma
Na beira do fogo do inferno
É o fim de um império
Na linha do tiroteio
É o fim de um império
De novo, de novo
É o fim de um império

Tempo de
Reinos, cada um de nós reinando
Sonhos, morte
Ao longo dos reinos de nossos corações e mentes
Toma o que é meu
Consciente de que a morte está à espera
Cena final
Mas até mesmo a morte vai acabar com o tempo

Através do espaço e do tempo
Não podemos fugir desse paradigma
Na beira do fogo do inferno
É o fim de um império
Na linha do tiroteio
É o fim de um império
De novo, de novo
É o fim de um império
Na morte de um desejo
É o fim de um império
No final de uma vida
É o fim de um império

Na beira do fogo do inferno
É o fim de um império
Na linha do tiroteio
É o fim de um império
De novo, de novo, de novo, de novo
É o fim de um império
De novo
É o fim de um império

Nós estamos caindo em direção ao desconhecido
Outro final que está começando a se desdobrar
Nós estamos caindo em direção ao desconhecido (é o fim)
Outro final que está começando a se desdobrar
É o fim de um império
Nós estamos caindo em direção ao desconhecido (é o fim)
Outro final que está começando a se desdobrar
É o fim

Nós estamos caindo em direção ao desconhecido (é o fim)
Outro final que está começando a se desdobrar
É o fim de um império
É o fim de um império