Mando um bilhete cheio de boa intenção
Pra uma morena lá do rincão dos machado
Eu vou chegar num redomão de queixo atado
Flor de gateado, que é pêlo da tradição

Quando passei lá esse dias com a tropa
De uma janela um sorriso me acenou
Dois olhos negros incendiaram a tarde calma
E minha alma de campeiro de vereda se encantou

Desde esse dia um sentimento me atorda
E o pensamento vôoa em direção desta casa
Quem sabe a velha solidão batendo asas
Amanhã busque outro rumo e me deseje sorte boa

Morena linda sobre o céu deste domingo
Quero te ver lá nas carreiras do povoado
Meu coração por um beijo e um carinho
Depois te trago na garupa do gateado

Levo um amor que reflorece a cada aurora
E no canto das esporas uma copla apaixonada
Pois desde quando te emoldurei nas retinas
Minha sina estradeira ganhou cisma amorenada

Bombacha nova e um bom lenço maragato
E na guaica um retrato pra te ofertar com apego
No peito guapo um coração que já não mente
Ainda mais depois que sente o poder dos olhos negros

Morena linda sobre o céu deste domingo
Quero te ver lá nas carreiras do povoado
Meu coração por um beijo e um carinho
Depois te trago na garupa do gateado

Vídeo incorreto?