Jony era um cara estranho, parecida doidão;
Cabelo pintado e tatuagem verde-limão.
Ficava o dia inteiro sentado na mesa do bar,
E dizia para todo mundo: "não vou trabalhar".

Talento nas mãos, o cara tocava violão,
Cantava Bob Dylan, Renato Russo e Lobão.
Jony tomava cachaça e comia com farinha,
Bebia absinto à noite, pinga durante o dia.

Uu... Jony Doidão
Uu... Sua pinga na mão

Até que um dia ele conheceu uma menina,
A mina era linda, parecia uma poesia.
Depois disso, todo dia alguém pergunta no bar:
"Cadê o homem do violão, onde Jony está?"

Encontraram um garotinho de brinco e cabelo comprido.
Sua mãe falou que seu nome é Jonynho,
E que seu pai é um herói. Disse: "é meu marido."
Entrou na frente da bala pra salvar seu filho.

Uu... Jony Doidão
Uu... Não viveu em vão
Uu... Um herói descolado
Uu... Deixou a pinga de lado

Jony Doidão
Não viveu em vão
Jony Doidão
Não viveu em vão

Vídeo incorreto?