Em fevereiro eu comprei uma caixinha de giz
Te desenhei e enfeitei todo aquele cartão
Tirei Vinicius de Moraes de dentro de mim
E escrevi como quem escreve a um grande amor

E no domingo eu te liguei pra você me esperar
E por incrivel que pareça, você me esperou
Tava morrendo de vontade de te abraçar
De segurar a tua mão e te chamar de amor

e você... e você... e você... nem ligou

Eu só queria me deitar com você naquela grama verde
Ficar à noite olhando as estrelas me perguntando... imaginando
se há vida em outros planetas
Eu observo as formigas construindo casas
Observo os pelinhos da tua mão
E o fio ruivo da tua barba
Observo a tua boca cantando essa canção

Eu me apaixono por detalhes e você não os tem mais
Em você só vejo evidências... entao meu bem bye bye