Dente de siso


O dente de siso começou a nascer não vou ao dentista porque tenho medo
O dente de siso começou a nascer sem ninguém perceber

Eu gostava de abrir a boca e passar a escova,
De apoiar a cabeça no travesseiro e olhar para cima

A foto da família está, sempre alegre sem desbotar,
Sorrindo na casa onde eu moro sozinha
Minha mãe segurando minha irmã, meu pai sério de mais
Até parece que foi ontem até parece que foi ontem

O tempo passou rapidamente e de repente fiquei gentil
Vou empurrando para manhã de dizer "obrigada", mas o que adianta agora

Eu nem sou mais criança, mas quando volto, é sempre comida gostosa
Mas mesmo assim sou grata por ter sido sua filha

A foto da família está ainda hoje alegre sem desbotar
E estava sorrindo na casa que ficou espaçosa

Os olhos dos dois estão tão fortes dentro da foto,
Por isso eu acho entendi o motivo pela qual estou aqui
Entendi que essa felicidade é também a sua felicidade
Que essa tristeza também é a sua tristeza

Tudo bem! a foto continuará alegre sem desbotar
Estará brilhando no quarto onde moro sozinha
Será que um dia eu também vou conseguir amar alguém desse jeito?
Será que compreenderei o significado do amor com alguém

O dente de siso começou a nascer não vou ao dentista porque tenho medo
O dente de siso começou a nascer sem ninguém perceber