Espelho meu
'Tá valendo tudo
Bumbum de fora
Calça de veludo
E a gente aqui querendo se salvar
Bola da vez nesse jogo sujo
De outra vez, virando caramujo
Morando em mim sem me preocupar

O salário é que nem disco voador
Aparece, mas não dá pra gente ver
Ainda temos que atacar de domador
É leão, é cobrador
Todo mundo quer morder

Sou mais um representante
Da burguesa classe média brasileira
Que só come sanduíche
Mas é bom conhecedor de caviar
Tô caído, tô lacraia, tô fugido
Mas não posso dar bandeira
Não reclamo de rasteira
Porque cedo aprendi a levantar

Vídeo incorreto?