Onaná, Onanaê, ô, eô
Sai de baixo que eu sou pura adrenalina
Onaná, Onanaê, ô, eô
Sou o sol, sou a luz que alucina
O furacão passou, passou a mais de mil
O Cheiro de Amor vem balançando esse Brasil
Noite vai, dia vem
E eu aqui, esperando você
Nem pensar te perder
Pois tu és a razão, meu viver
Quando eu passar vai ter zoeira lá na praça
Vai subir fumaça
Vai subir fumaça
Quando é que pega fogo, quem está dentro não sai
Sempre pede mais (bis)
Deixe que vai, que pense que quiser
Daqui eu não saio, eu não arredo pé

Vídeo incorreto?