"a mulher é um ser especial
Quando mãe doa inteiro o coração
Sendo fêmea ninguém seduz igual
Se for má já não dá competição
É delícia no amor ideal
É martírio nos erros da paixão"

Ela chegou
E começou um tum tum tum no coração
E num afago fez estrago na razão
Um golpe certo nesse velho peito meu
Aconteceu!
Era aconchego, dengo pralá e pra cá
Era xamego eu de cá ela de lá
Tanto desejo nem deu tempo pra pensar
Veio a paixão
A companheira siamesa da ilusão
Pegou meu sonho e mudou a direção
Eu não seguí o rumo certo do amor
E caminhei!
Na trilha dela sem ter destino nenhum
Na sua vida eu somente fui mais um
Brinquedo usado, jogou fora, enjoou!
Por isso eu!
Penalizado pela dor dessa paixão
Vou arrancar do peito a minha ilusão
Ao meu destino novo rumo eu vou dar
Vou conseguir
Eu sou madeira que não dá pra envergar
Essa topada nunca vai me derrubar
Foi só mais uma das ciladas da paixão
Tem nada não
Hoje sou caça amanhã sou caçador
Hoje sozinho amanhã um novo amor
Nova energia pra dar vida ao coração

Vídeo incorreto?