Casal desunido não tem igualdade,
Nem felicidade, menos união
Por qualquer motivo que seja banal
Aquele casal forma confusão.

Esposa e esposo que não compreendem
Que se desentendem fugindo do bem
Não vão à uma missa, não entram num templo
Só dão mal exemplo ao filhos que têm.

Aonde reside casal desunido
Mulher e marido dormem separados
Ela uma megera, ele um vagabundo
Dois entes no mundo, na lama jogados.

Casal que alimenta o ódio, a intriga
Só vive de briga, com caras de réus
Casal deste jeito no mal se concentra
Por morte não entra no reino dos céus.

Mulher ciumenta, perversa e travessa
Esquenta a cabeça igualmente a brasa
Perturba os vizinhos fazendo alarido
Detesta o marido e o expulsa de casa.

Homem que maltrata sua companheira
Traz sua caseira debaixo dos pés,
Eu sendo jesus, filho de maria,
Castigos por dia lhe daria uns dez.

Não há calcule o mal que existe
Aonde persiste a desunião
Do triste casal que não compreende
Que se desentende sem ter precisão.

Que tudo desgasta, estraga a amizade
Da felicidade é desprotegido
Só reina a descórdia aonde convive
É assim que vive casal desunido.

Só reina a descórdia aonde convive
É assim que vive casal desunido.

Vídeo incorreto?