Por que você não para pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Desengano

Bateu paixão
E a saudade logo vem
Brigas de amor
Vaso de flor, você e eu
O nosso encanto se quebrou

Por que você não para pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Desengano, desengano
Por que você não pára pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Eu te amo, eu te amo

Bateu paixão
E a saudade logo vem
Brigas de amor
Vaso de flor, você e eu
O nosso encanto se quebrou

Por que você não para pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Desengano, desengano
Por que você não pára pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Eu te amo, eu te amo

A vida é um eterno perde e ganha
Um dia a gente perde
Num outro a gente apanha
Apanha e nem por isso a gente vai fugir da luta
Num vou abaixar a cabeça prá nenhum filho
da..ah..puta

As pedras no caminho a gente chuta
É super natural
Não deixo abaixar minha moral
Tenho que me manter em movimento
A vida não é mole
mas qualquer parada enfrento, enfrento

Tão louco você pensa que está
E se é que está
Tão louco você pode ficar

Se a vida não é do jeito que se quis
A idéia é procurar
o caminho que te deixa feliz

Ficar do lado do bem,
eu fico também
Se o papo for atitude
não tem prá ninguém

A questão aqui é o sangue bom é quem
Se a felicidade tá numa nota de cem

Bateu paixão
E a saudade logo vem
Brigas de amor
Vaso de flor, você e eu
O nosso encanto se quebrou

Por que você não para pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Desengano, desengano
Por que você não pára pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Eu te amo, eu te amo

A criminalidade toma conta da cidade
A sociedade põe a culpa nas autoridades
O cacique oficial viajou pro Pantanal
Porque aqui a violência tá demais
E lá encontrou um velho índio que usava um fio dental
E fumava um cachimbo da paz
O presidente deu um tapa no cachimbo e na hora
De voltar pra capital ficou com preguiça
Trocou seu paletó pelo fio dental e nomeou
O velho índio pra ministro da justiça
E o novo ministro chegando na cidade,
Achou aquela tribo violenta demais
Viu que todo cara-pálida vivia atrás das grades
E chamou a TV e os jornais

E disse: "Índio chegou trazendo novidade
Índio trouxe o cachimbo da paz

Maresia, sente a maresia
maresia, uuu...
Maresia, sente a maresia
maresia, uuu...

Apaga a fumaça do revólver, da pistola
Manda a fumaça do cachimbo pra cachola
Acende, puxa, prende, passa
Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Apaga a fumaça do revólver, da pistola
Manda a fumaça do cachimbo pra cachola
Acende, puxa, prende, passa
Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça

Por que você não para pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Desengano, desengano
Por que você não pára pra pensar
Por que você não vem pra me ajudar
Eu te amo, eu te amo

Vídeo incorreto?