Deixa o beat rolar, liga o mic, pa eu pôr falsos no mute
Niggas lutavam pela igualdade, hoje a ganância leva a que se lute
Fakes cagaram pa root
Tudo o que eles kerem é o loot
Filhos da imigração alimentaram o rap k hoje alimenta filhos da puta
Hip hop é carne em decomposição, eles são abutres no dispute
Eu ponho knowledge em output
E ligo niggas no input
Pa enriqueecer a base de dados de todo o nigga que escute
Que sa fodam Fnacs ou King Sizes, guetto é o verdadeiro ponto de eskuta
Niggas contabilizam vendas, eu contabilizo guetto youth
Que a minha rima recrute
Tugas não querem lutar por isto, so querem lutar pelo desfrute
Niggas que não semearam a árvore são os mais atarefados a colher o fruto
Enquanto só escrevem rimas pa quem manda 15 euros e tal
Eu escrevo rimas pa todos porque intervir é vital
Quem não tem paka po meu Cd vá na net, roube, crave
Ou grave
Quem tem compre a mim porque lojas só servem pa que o preço se agrave
E editoras só servem pa que um nigga continue escravo
Só faço isso com a Lisafonia porque não me mete nenhum entrave

Ref
Negros só queerem bitches, cenários, beefs e muitas farras
Enquanto oportunistas pilham o hip hop com as suas garras
E quando abrimos a pestana, só damos com chulos e muitas cuarras
Ya niggas deixem de falar, e ponham 16 barras
Dão o cu pa tar na rádio, televisão, concertos e farras
À mercê de monopolistas que prendem artistas às amarras
Hip hop tuga cheio de chulos e muitas cuarras
Na vossa paka, na vossa fama, eu meto 16 barras

Toda a euforismo que o hip hop vive é apenas periódico
Mas já tem niggas de calças po chão, num ângulo recto por um cheque módico
Como jazz e rock oportunistas apoderam-se do hip hop num roubo metódico
Pa daqui a uns anos ser lembrado como um costume nórdico
Querem impor regras de mercado, mas é a rua que escreve o código
No underground que se aprende o código
Sa fodam os vossos códigos de barras, estas barras são o código
Por mais que isto ande perdido, um dia regressa a kasa tal e qual o filho pródigo
Por isso continuo a pôr drama em cima dum drum fodido e um loop melódico
Muitos de vocês deviam ter o meu nome nos vossos créditos
Porque vocês estão a vir com plágios depois de eu ter vindo com os inéditos
Vocês que me atribuem clichés
Pa não me atribuirem cacheis
E não me deixarem pisar os palcos, pa não contar ao povo os porquês
De sermos disciriminados na escola, trabalho, tv's
E guichés
No próprio hip hop por vocês
Os porquês
Do dito hip hop tuga serem meia dúzia de rappers, uma dúzia de Cd's
E duas dúzias de f.d.p's
Dinheiro espigou mais o hip hop que a Bata espigou Wallabees
Metade dos que dizem que são
São
Senão
Wannabees
Mc's
N queerem handle mic, eles querem handle da biz
Valores do hip hop keep on fallin' tipo Alicia Keys

Refrão

Tanta demo no hip hop, mas hip hop não tem democracia
Discografia
Selecciona mc's com os traços da sua demografia
Pornografia
Entre editoras e jornais, dá a luz os kritikos e os melhores rappers da noite po dia
Ler o Blitz ou o Correio da Manhã é a mesma merda, segregação
Criticas viram catálogos de venda, e entrevistas auto promoção
Por mais lixívia que a comunicação
Passe no hip hop, eu permaneço a nódoa
Por mais que tente brankear esta arte, eu venho sujo e incomodo-a
Guerra é ignorância, mas pacifismo idem aspas
De deixares que os outros vazem o tacho, no fim tu só raspas
Vocês gritam underground, mas só querem mainstream
Não sigo a hipocrisia, se isto não pagar eu tenho o crime
Tendo vocês komo alvo do crime
Não sou dos que escreve contra o sistema, e deixa que o sistema lhe chule
Da velha pa nova school
Rappers cagaram pa arte, tudo o que eles querem é um bule
Se é isto que é hip hop tuga, eu quero que o hip hop tuga sa foda
Ponho bombas nesta merda até que a revolução exploda

Vídeo incorreto?