Eu ouço o tique-taque do relógio
Estou deitada na escuridão do quarto
Me pergunto aonde você está essa noite
Sem resposta no telefone
E a noite passa tão lentamente
Oh, eu espero que ela não termine, entretanto
Sozinha...

Até agora eu sempre me virei bem por conta própria
Eu nunca me importei até te encontrar
E agora me gela nos ossos
Como eu fico sozinha com você?
Como eu fico sozinha com você?

Você não sabe o quanto eu tenho esperado
Para tocar seus lábios e te apertar forte
Você não sabe o quanto eu tenho esperado
Eu ía te contar essa noite
Mas o segredo ainda é só meu
E meu amor por você ainda é desconhecido
Sozinha...

Até agora eu sempre me virei bem por conta própria
Eu nunca me importei até te encontrar
E agora me gela nos ossos
Como eu fico sozinha com você?
Como eu fico sozinha com você?
Sozinha...

Como eu fico sozinha com você?
Como eu fico sozinha com você?
Sozinha...
Sozinha...

Vídeo incorreto?