Há tanto pra cantar
Dessa terra de tudo a conhecer
Dessa gente tão boa de se ver por aí...
De rios a navegar
Entre altares, a lua a estrelecer
Vem rompendo olhares, cidades, lugares, miragens

A cor da paixão tropical
Na flor que plantei no quintal
E em tudo há um sabor natural
De raça e fé

Vem que eu vou te levar pra ver o meu país
Tantos sonhos, tanto querer e a mesma raiz

No trançado e no arerê numa roda de maracatu
Na ciranda ou cateretê de norte a sul

Ai, no cheiro de umbu, cajá, no sabor do bobó, dendê,
A caninha pra se tomar vem cá, vem ver
O xaxado e o boi-bumbá a milonga e a festa de reis
Vem pro choro ou vem sambar vejam vocês
Olha o frevo e o mugunzá a congada e o cururu
Chimarrão e o café fubá de norte a sul
Aroma e luz de amaralis
Tanto pra cantar
Nos seus azuis, terra brasilis,
Quero descansar...

Vídeo incorreto?