Refrão: quando invocar, eu atenderei,
Na aflição com ele estarei;
Libertarei, glorificarei,
Minha salvação eu lhes mostrarei!

1. tu que moras sob a sombra
Do senhor onipotente,
Lhe dirás em confiança:
"meu refúgio, meu batente,
Só em ti é que eu confio!"
E ele vem tão fielmente
Te livrar do caçador
E da peste inclemente.

2. vai cobrir-te com tuas pernas,
Em suas asas tu te abrigas,
O seu braço é teu escudo,
Armadura em que te fias.
Não terás o que temer
Nem de noite, nem de dia,
Venha a flecha e o terror,
Venha a peste, epidemia...

3. caiam mil junto de ti
E dez mil vem ao teu lado,
Nada vai te atingir,
Não serás prejudicado...
Com teus olhos hás de ver
Qual dos maus o resultado;
No senhor tens teu refúgio,
Nenhum mal terás passado!

4. o senhor mandou seus anjos
Pra teus passos vigiarem;
Eles te sustentarão
Pra teus pés não tropeçarem...
Os perigos mais temidos
Sem temor vai enfrentá-los;
"já que a mim se confiou,
Cuidarei de resguardá-lo!"

Vídeo incorreto?