Matando-me suavemente


Apertando minha dor com os dedos dele
Cantando minha vida com as palavras dele
Me matando levemente com a canção dele
Me matando levemente com a canção dele
Contando toda minha vida com as palavras dele
Me matando levemente, com a canção dele

Eu ouvi ele cantar uma boa canção, eu ouvi que ele tinha estilo
Então eu fui vê-lo, e viver um pecado por um tempo
E ali ele estava, este jovem garoto, um estranho para meus olhos

Apertando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Me matando levemente com a canção dele
Me matando levemente com a canção dele
Contando toda minha vida com as palavras dele
Me matando levemente, com a canção dele

Eu me senti puxada pela raiva, envergonhada pela multidão
Eu senti que ele encontrou minhas cartas e leu cada uma em voz alta
Eu rezei para que terminasse, mas ele apenas continuou

Apertando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Me matando levemente com a canção dele
Me matando levemente com a canção dele
Contando toda minha vida com as palavras dele
Me matando levemente, com a canção dele

Ele cantava como se me conhecesse, e toda minha tristeza desapareceu
Ele continuava a olhar através de mim, como se eu não estivesse lá
E ele continua a cantar, cantando claramente, fortemente.
(repete o refrão até acabar)

Oooohhhh

Apertando minha dor com seus dedos (sim ele estava cantando minha vida)
Cantando minha vida com suas palavras
Me matando levemente com a canção dele
Me matando levemente com a canção dele
Contando toda minha vida com suas palavras (toda vida, suas palavras)
Me matando levemente, com a canção dele