Que mundo é esse aqui?
Pessoas fingem não temer, nunca temer
Ao meu redor eu sei, que vivo em constante mudanças, sempre
Muitas vezes eu olho dentro de mim
Vejos as marcas do meu ser, sim eu posso ver
E me encontro em meio a um duelo do meu eu
Tento então me libertar do meu temor.


Lembranças vêm então, de coisas que não me perdoei, não perdoei
Pequenos medos então, agora grandes, me assustam tanto, tanto
*Já não basta tentar me esconder e mentir pro coração
Preciso viver!
Meu refúgio está no meu Senhor, forte é
Pra tirar todas as sombras do meu ser

Vídeo incorreto?