Havia um véu em meu coração, véu de morte e desilusão
Até que um tal Jesus me falou de luz, me rasgou o véu.

A paz que em tudo procurei, mas que nunca encontrei
Foi bem lá dentro então, que Ele pôs a razão, desse meu viver

Num instante percebi, eu não estava só
Era um tal Jesus a me amar

Há um céu em meu coração, céu de paz e de mansidão
É que esse tal Jesus me deu a sua cruz, e eu sou feliz

Como espelho refleti a luz do meu Senhor
Sou seu servo sim, vou amar...
...Esse tal Jesus.

Vídeo incorreto?