Santo, santo, santo, santo és tu
Tu mereces a canção que eu não sei cantar o louvor e adoração que eu não sei prestar tu es digno senhor, de ouvir os anjos cantar uma cancão que é dos arcanjos enquanto os seaafins, se prostram diante de ti
Em um vocal tão lindo os querubins vão dizendo;
Santo, santo, santo, santo és tu
Santo, santo, és
Senhor...
Tu mereces a canção que ninguém ouviu
A partitura que o maestro ainda não escreveu e os sons que só as ondas sabem fazer
E as notas que os trovoes fazem tremer
De uma orquestra invisivél eu queria ser cantor
Em um coral feito de anjos o solista e diretor, cantondo...
Anjos, arcanjos, querubins, serfins, ondas, ventos
Céus e o firmamento
Seres, vermes. tudo que tem fólego, louve comigo
Adore comigo ao nosso criador
Santo, santo, santo, santo

Vídeo incorreto?