Em alta voltagem o crime atinge a molecada que vai pro
arrebento e vai pro tudo ou pro nada e pra ganhar ou
perder pra matar ou morrer eu sei lá só capuz e na
cinta a quadrada em frente a própria casa a vítima é
enquadrada a cherokee chamou a atenção deu entrada da
o dinheiro ou leva bala o cartão ou leva bala, se viu
sua blindagem num vale de nada silêncio e coloca o
dinheiro na mala as roupa, as jóia, os ouro, as prata
??pxxx?? num pensa, num pisca, num fala se não eu
descarrego minha quadrada na sua cara só tenho 15 ano

e sou o terror da playboyzada sua filha me vê vai pro
outro lado da calçada meu pai me abandonou, minha mãe
já é finada, é só eu a maldade minha arma mais nada eu
não tenho solução nem recuperação o sistema da as arma,
as droga os caixão ai boy na favela a gente mesmo se
mata por droga inveja dinheiro por nada é cruel bem
cruel a rotina da quebrada dum lado o esgoto, do outro
as barca liga pro datena, da seu depoimento diz pra ele
que seu ouro vai ser meu alimento diz pra ele que seu
filho tem brinquedo e eu não, diz pra ele que o papai
noel me deu um oitão, diz pra ele quanto de comida seu
cachorro come, diz pra ele que minha mãe morreu de
fome.

Refrão: 4 3 2 1 é todos contra um é só eu de capuz com
a quadrada e as dum dum (4x)

Aí é só eu sozinho contra todos o moleque da favela é
atração da rede globo ai boy sujo os verme cercou o
seu barraco agora o que é que eu faço qual meu próximo
passo desamarra sua mulher vai ser minha refém eu num
vou me entregar e voltar pra febém amém vou rezar, vou
sair, atirar me entregar nem pensar, num da o primeiro
que invadir, tentar banca o herói vai suja vai mancha
sua sala de sangue viu boy sangue nu olho revolta
acumulada de vê minha mãe morre de fome e eu não fazê
nada mais o jogo se inverteu e eu tô no comando olha
só pra você se borrano, cagano, ai no canto da sala
rezando pá viver, se viu do que é capaz quem não tem o
que comer põe a arma na cinta e vai pro arrebento
trasforma uma criança num loco violento e vai pá pista
de peito aberto num pensa em nada com a cara, a
coragem, a dum dum e as quadrada ai boy chega de papo
seu tempo se esgotou faz a última oração clik clék
acabou espero que os pivete não siga meu exemplo
tentar volta atrás agora num dá mais tempo olho lá
fora uma pá de viatura ferro na minha mão, atirei,
sepultura, fui morto a queima-roupa essa foi minha
sentença, eu descobri tarde demais que o crime não
compensa eu morri é assim triste fim de ladrão é
caixão ou cadeia, é cadeia ou caixão eu morri é assim
triste fim de ladrão é caixão ou cadeia, é cadeia ou
caixão.

Refrão: 4 3 2 1 é todos contra um é só eu de capuz com
a quadrada e as dum dum (4x)

By:Rafix

Vídeo incorreto?