Pensei que tinha me recuperado,
voltado tudo ao normal,
foi difícil,
mais não foi tão duro assim,
Derrepente quando olho pra porta,
surge dentro de mim uma esperança,
vejo você tão perto de mim,
meus olhos ficam (brilham) feito de uma criança.

Lembro de tudo que já rolo,
tudo como uma lembrança,
dos passeios, das conversas,
dos momentos diferentes,
que passamos juntos.

De repente vejo indo embora,
tudo o que um dia eu sonhei,
não sei como vai ser,
esta tudo acabando,
mas tenho vontade,
que tudo volte ao normal,
Tudo como um dia comum,
apenas lamento,
por por não ter dado certo.

REFRÃO:
já que é assim que tem que ser,
não posso mudar,
nada pode se fazer,
para o inevitável se evitar

Vídeo incorreto?