Batuque


Eu vejo a lua no ceu brilhar
todo mundo sambando
ate o sol raiar
soltando a voz no refrao
batendo na palma da mao
com com repique e violao
vem meu amor,vem pra ca
sorria pra mim
tem cavaquinho pandeiro
tantã e tamborim
entra na roda iaia
eu quero é te ver sambar
um batuque
chegou pelo mar e o canto do negro
se fez ressoar
foi dái que a cadencia do samba
se originou
e o povo abraçou
nao ha distinção
é do rio é de sampa
de toda nação
brasileira que tem como o samba
um caso de amor
samba é duro na queda sinha ô ô
samba é duro na queda sinho ô ô
ele briga na mao
ele bate ele apanha
mas não cai no chão
samba é duro na queda sinhá ô ô
samba é uro na queda sinho ô ô
quando leva rasteira
levnta sambando
A questão

Vídeo incorreto?