Jerusalém caminho de dor, ele era inocente mais foi condenado com a cruz sobre os ombros, erraram sem saber
Pela via dolorosa, cristo agonizava ali, ele olhou e viu o ódio nos olhos dos seus próprios filhos, erraram sem saber

Não perceberam que ele foi até o fim para dar-lhes vida eterna e no paraíso repousar, não perceberam que um dia cantariam ao seu louvor, não vira que o rei dos reis estava ali

Não tinha que morrer por mim, podia se livrar-se a si, até a cruz tinha poder pra resistir

Pelas nossas transgressões ele foi ferido
Ele foi por nossas iniquidades
E o seu andar, me curou, e um alto preço ele pagou por mim

Ao pendurar na rude cruz, pregaram mãos e pés sem muita compaixão, erraram sem saber

Veja o salvador sonsinho, sangrando, sofrendo, morrendo por todos nós
Jesus jamais reclamou apenas suplicou
Pai, eles não sabem o que fazem

Então, expirou, Jesus expirou, e morreu
Ali Jesus expirou, expirou, expirou e morreu
Meu Jesus na cruz do calvário ele expirou, ele expirou e morreu
O meu Jesus ele expirou, ele expirou, ele expirou e morreu

Então, expirou, expirou e morreu
Ali, expirou, expirou e morreu
Meu Jesus, expirou, expirou e morreu
Teu Jesus, expirou, expirou e morreu

Mas ao terceiro dia, ao terceiro dia, ao terceiro dia acordou, levantou, ressuscitou, voltou, vivo está!
Em glória, em vitória, em autoridade vivo está!
Vivo está

Vídeo incorreto?