Tá vendo aquele cabra lá no canto do forró
Penteado, arrumado, alisando o gogó
Ele não vale nada, ele não vale um vintém
Outro dia eu peguei ele mexendo com meu bem

Tava mexendo sim, mas não vai mais mexer
Se mexer com a minha nega, aqui o couro vai comer
Eu sou do tempo que vale o fio de bigode
Eu sou cabra macho comigo niguém pode

Olhe, talarico
Olhe, talarico
Se mexer com a minha nega
Lhe passo no maçarico

Vídeo incorreto?