Menino pobre

Craveiro e cravinho

Um pobre menino de cinco ou seis anos
Estava perdido na rua vagando
Ao lhe perguntarem onde morava
Ele não sabia o que estava falando
Quando lhe perguntaram que era sua mãe
Ele respondeu coma voz muito triste
A minha mãezinha parece uma santa
E é a mulher mais bonita que existe.

Através do radio o dia inteiro
Os programadores fazia um pedido
Se alguém conhecesse a mulher bonita
Que tinha um filho desaparecido
Chegou de repente uma pobre mulher
Os dois se abraçaram em ancia em finda
Aquela senhora de rosto enrugado
Era pra ele a mulher mais linda.

Apesar de ser um homem formado
Eu penso igual aquele menino
Como é lindo o rosto um de mãe
Que foi a origem de nosso destino
A minha mãezinha tem cabelos brancos
O rosto cansado e olhos profundos
Mas para o concurso do meu coração
Ele é a mulher mais bonita do mundo

Vídeo incorreto?