Eu vou contar nestes verso
Tudo o que eu tenho passado
Só tive um amor na vida
Hoje tô abandonado

Ai, quanto eu tenho sofrido
Ai, quanto eu tenho chorado

Deito na cama e não durmo
Meu coração tá magoado
Pensando naquela ingrata
Por quem eu fui desprezado

Ai, quanto eu tenho sofrido
Ai, quanto eu tenho chorado

Dela não tenho notícia
Não vem carta nem recado
Neste mundo tão ingrato
Eu canto, embora magoado

Ai, quanto eu tenho sofrido
Ai, quanto eu tenho chorado

Vivo no mundo sozinho
Mas já estou conformado
O nome dessa ingrata
Não pode ser revelado

Ai, quanto eu tenho sofrido
Ai, quanto eu tenho chorado

Vídeo incorreto?