Jogo a bola pra cima paro no peito do pé
Quando não estou no campo tô nos braços das muié
Quando não estou no campo tô nos braços das muié

No dia que eu tô jogando dia que a torcida aumenta
Gosto de escutar as parma daquelas moças luxenta
No dia que eu tô chutando não tem goleiro que agüenta
Se a bola bater na trave pode crê que o pau rebenta

Jogo a bola pra cima paro no peito do pé
Quando não estou no campo tô nos braços das muié
Quando não estou no campo tô nos braços das muié

Um dia desses eu joguei num time muito gabola
Marcação tava cerrada já tava me pondo a sola
Quando eu pego a dar o baile adversário descontrola
Eu driblei o time inteiro e depois sentei na bola

Jogo a bola pra cima paro no peito do pé
Quando não estou no campo tô nos braços das muié
Quando não estou no campo tô nos braços das muié

Pra jogar sou um curisco não quero jogada lenta
Quando dou um drible seco na grama o caboclo senta
Se me derem um pontapé é daí que o jogo esquenta
Nós ganha também no tapa se a torcida for briguenta

Jogo a bola pra cima paro no peito do pé
Quando não estou no campo tô nos braços das muié
Quando não estou no campo tô nos braços das muié

Ganhá nós ganhamos sempre isso nem que o juiz roube
Na hora que acaba o jogo só vejo rojão que sobe
Eu moro no coração daquela torcida nobre
Já existe um Pelé rico eu sou o Pelé dos pobre

Vídeo incorreto?