Estranho solitário


Eu devo ser invisível;
Ninguém me conhece.
Eu rastejei até ruas sem saída
Com minhas mãos e joelhos.

Eu nasci com uma sede enfurecendo ',
A fome de ser livre,
Mas eu aprendi através dos anos.
Não me incentivar.

Porque eu sou um estranho solitário aqui,
Bem além do meu dia.
E eu não sei o que está acontecendo,
Então, eu vou estar no meu caminho.

Quando eu ando, fique para trás;
Não fique perto de mim,
Porque é certo que terminara em lágrimas,
Então deixe-me ser.

Alguns dirão que eu não sou bom;
Talvez eu concorde.
Dê uma olhada em seguida a caminhada.
Está tudo bem comigo.

Chorus