Eu tenho mulheres e muitas riquezas
Encho a cara com o vinho que cristo bebeu
Meus inimigos eu mato com frieza
São eles ou eu

Era só um moleque quando aprendi de tudo
Provei o sabor do lado podre do mundo

Mil fantasmas me assombram na minha cama
Peço perdão por coisas que eu nem sei quem fez
Chega o dia e eu faço tudo outra vez

E eu me perco quando olho no espelho
Comigo é tudo ou dor ou prazer
Roubo dos ricos pra dar tudo à mim mesmo
Que se dane você
Eu tenho raiva de tudo que é bom e puro
Provei o sabor do lado podre do mundo

Mil fantasmas me assombram na minha cama
Peço perdão por coisas que eu nem sei quem fez
Chega o dia e eu faço tudo outra vez

A minha vida é controlada por vícios
Minha mente parece um filme pornô
Tudo que eu tinha eu joguei no lixo
Só eu me restou
E eu tenho tara por tudo que é absurdo
Provei o sabor do lado podre do mundo e gostei

Mil fantasmas me assombram na minha cama
Peço perdão por coisas que eu nem sei quem fez
Chega o dia e eu faço tudo outra vez

Vídeo incorreto?