Vamos simbora pra um bar
Beber, cair, levantar
Vamos simbora pra um bar
Beber, cair, levantar, Beber, cair, levantar
Beber, cair, levantar, Beber, cair, levantar

Já paguei quem eu devia, Graças a Deus eu tô sossegado
Eu pus o burro na sombra,E tô levando até meu cunhado
Enchi o tanque do carro, Comprei cigarro e uma pinga boa
Juntei a "traia" de pesca, Vai ser uma festa lá na lagoa

Falei pra minha patroa, Que a farra é boa
E bem comportada, E vou com os alguns amigos
Não tem perigo nessa parada, Não ponho a cara pra fora
Nem jogar bola ela quer deixar, O jeito que tem agora
É falar pra ela que eu vou pescar

Que pescar que nada, Vou beijar na boca
Ver a mulherada na madrugada, Ficando louca
Que pescar que nada, Vou matar a fome
Lá ninguem se mete, Lá vai ter sete pra cada homem

Joga as mãos pra cima, Tristeza não interessa
Vamos fazer festa, Vamos fazer festa

Joga as mãos pra cima, Tristeza não interessa
Vamos fazer festa, Vamos fazer festa

Vídeo incorreto?