Quando vou pra casa volto tão cansado
Sinto o vazio da sua presença na minha chegada
Então você volta sempre tão cansada
Escondendo tudo
Todos os seus problemas, não me conta nada

Abro minhas asas, sou seu passarinho
Vou buscar um beijo
Pra acalmar o medo de ficar sozinho
Vem a madrugada, rolo em nossa cama
Nesse nosso abraço
Ainda sobra espaço quando a gente ama

Ah, toda noite é assim depois do amor
Cada um pro seu lado
Ai, então é que eu fico sem mim sonhando acordado
Ah, eu não sei como pode com tanto amor
Essa falta da gente
Até parece uma última dose de um pobre doente

Vídeo incorreto?