Mais uma vez eu falo em ir embora
Você me abraça e chora, não quer viver sem mim
Mais uma vez você me maltratando
À rua me apontando, sinceramente eu não entendo amor assim

Seu jeito de amar é muito louco
Me assusta e eu vou morrendo aos poucos
Atitudes tão estranhas que me ferem, mas continuo ao seu lado
Nesse beijo enfeitiçado, digam lá o que quiserem

Continuo sendo apenas seu brinquedo
Você brincando, descuidada, me põe medo
De me quebrar, me espedaçar com seu descuido
E ao mesmo tempo em qualquer canto abandonar meu coração

Vivendo desse jeito não dá mais, a vida vai ficando para trás
Nesse seu modo exagerado, tão errado de querer me segurar
Vivendo desse jeito não dá mais, a vida vai ficando para trás
Nesse seu modo exagerado, tão errado de querer me segurar
Será que não percebe, amor, que cada vez me afasta mais

Vídeo incorreto?