Vem cá meu dengo, vem me dar um beijo
Acende o fogo da minha paixão
Eu tô querendo fazer um chamego
Desses que a gente arrepia o coração
Vem cá depressa que eu já tô no ponto
Te quero tanto bem junto de mim
Pra matar a fome desse meu desejo
Tô com energia de amendoim

Não é mole, não, é torradinho
Chamego bom tem que ser agarradinho
Não é mole, não, é torradinho
Chamego bom tem que ser agarradinho

Você é doce feito mel de abelha
Que me lambuza de tanto querer
É tão gostoso quando a gente ama
Esqueço tudo quando fico com você
Esse desejo queima como brasa
Vem cá, meu bem, pra gente se queimar
Vamos botar a lenha na fogueira
Pra esse fogo não se apagar

Vídeo incorreto?