Pouco a pouco a chama foi se apagando
Foi sem nem perceber
Foi aos poucos o amor se esfriando
Até que então morrer
Sem dizer uma palavra, foi saindo
Decidido a viver novas emoções
Resolveu ir conhecer outros lugares
Decidiu ir navegar em outros mares
Escolheu o mundo e suas ilusões.

Queria tanto outra vez, amigo, te chamar de irmão!
E quando antes de saudar com a paz do Senhor
Se eu podesse entraria dentro do seu coração
Pra acender denovo a chama do primeiro amor.

Veja só agora, amigo, o seu estado
Quase sem vida!
Pois o triste, coração amargurado, alma ferida
Mas o Pai espera ainda a tua volta
Mesmo estando longe, não te esqueceu
Nunca é tarde recomece novamente
Volte logo, venha ser denovo um crente
Vem dar vida a esse amor, que já morreu.

Vídeo incorreto?