Levaste a minha vida
Tornaste-te num momento
Partiste e a despedida
Foi levada com o vento

Sentias tudo o que eu sentia
Sabias tudo o que eu queria
Fingiste ser tudo ilusão
Afinal não te conhecia

Pensava ser algo para ti
Chorando eu já decidi
Por mais que custe hei de dizer
Eu já te esqueci!

Odeio-te pelo que és
Um rascunho do passado
Mas amo-te pelo que foste
Alguém que será apagado

Fecho os olhos
Vejo o teu olhar
Sinto teu corpo
Com o meu a queimar
Oiço baixinho: Quero-te para mim!
Acordo, já não estás aqui

Tu não és nada
Não vales nada
Ohhhhohh, não nada

Não passas de um alguém
Levaste a minha vida
Uma carta escrita
Uma fotografia perdida!

Porque é que não me dás
A pessoa certa
Porque e que só dou amor
A quem não presta?
Fizeste de mim poeta do escuro!
E foi no escuro que fiz esta letra

Na folha branca
Lagrima mancha
A tinta preta ficou cinzenta
Foi tanta dor
Não vale a pena!
Hoje encontrei uma alma pequena!

Porque é que não me dás
A pessoa certa
Porque e que só dei amor
A quem não presta?
Fizeste de mim poeta do escuro!
E foi no escuro que fiz esta letra

Na folha branca
Lagrima mancha
A tinta preta ficou cinzenta
Foi tanta dor
Não vale a pena!
Hoje encontrei uma alma pequena!

Olho para o espelho
Pergunto se sou eu
É quando olho para o espelho
Vejo que tudo morreu!
Porque quando olho
Para o espelho
Vejo que o reflexo é meu
E já nem olho para trás
Porque sei que tudo se perdeu

Não sinto tua falta
Não sinto teu olhar
Já nem sinto o amor
Que me fez sonhar
Já nem sinto o amor
Que me fez acreditar!

São frases
Numa melodia
Triste sentimento
Já nem sei bem o que sinto
Será que te desprezo
Será que te ignoro
Se deu bafa o raio
É porque eu choro

Quero um novo mundo
Algo mais profundo
Chega de momentos
Chega de segundos
Uma cara nova
Alma sem mentira
Tudo o que eu quero
É uma nova vida
(Uma nova vida)
(Uma nova vida)

Porque é que não me dás
A pessoa certa,
Porque e que só dei amor
A quem não presta?
Fizeste de mim poeta do escuro!
E foi no escuro que fiz esta letra

Na folha branca
Lagrima mancha
A tinta preta ficou cinzenta
Foi tanta dor
Não vale a pena!
Hoje encontrei uma alma pequena!

Porque é que não me dás
A pessoa certa
Porque e que só dei amor
A quem não presta?
Fizeste de mim poeta do escuro!
E foi no escuro que fiz esta letra

Na folha branca
Lagrima mancha
A tinta preta ficou cinzenta
Foi tanta dor
Não vale a pena!
Hoje encontrei uma alma pequena!

Vídeo incorreto?