Você andou falando que o errado aqui sou eu
Tome cuidado no seu jeito de falar
Não vá cuspir no prato que comeu
Que deus lhe dê em dobro tudo que me desejar

Eu sei que cada um dá o que tem
Aranha dá veneno, abelha dá o mel
Faz muito mal amor que não convém
Pois quando não é doce o beijo amarga como fel

Tudo que começa um dia pode se acabar
O tempo rói o ferro, também enferruja o amor
Nas curvas desta vida pise o freio vá devagar
Quem planta tempestade só pode colher a dor

Vídeo incorreto?