Não venha me dizer que se cansou
Da vida e das canções que eu te dou
Tudo porque você cresceu
Enquanto eu cantava assim
Não venha cá tutu marambá
Não venha cá
E a cantiga que embalava o seu coração
Agora parece dizer
Palavras antigas sem graça pra nós
Encantos, espantos, palhaços sem voz
Mil sonhos perdidos num mundo real
De que valeriam no seu carnaval?
E se a vida então te convidar
A mais uma ilusão abandonar
E aquela rua tão sem cor
Hoje ilumina a minha dor
E eu nem sabia ladrilhar
Eu nem sabia
Serão estrelas decadentes a pousar no chão
Não são vaga-lumes neon
Nem chuva de prata
Nem poças de mel
São cacos de vidro que caem do céu
Mil dias seguintes
Passando por mês
E o tempo acordando e brincando com você

Vídeo incorreto?