Fechou o tempo escureceu e ficou preto com alguém que foi embora
Bagunçou o meu coreto, coração que era certo já apresenta algum defeito
Um desprezo de um amor desconcerta um sujeito
Fechou o tempo escureceu e ficou preto com alguém que foi embora
Bagunçou o meu coreto, coração que era certo já apresenta algum defeito
Viver sem o seu calor bato o pé e não aceito

Perdi a minha fome, não durmo mais direito
A saudade me consome ferindo o meu peito
Pra esqueçer esse amor francamente não tem jeito
Viver sem o seu calor
Bato o pé e não aceito
Fechou o tempo escureceu e ficou preto com alguém que foi embora
Bagunçou o meu coreto, coração que era certo já apresenta algum defeito
Um desprezo de um amor desconcerta um sujeito
Perdi a minha fome, não durmo mais direito
A saudade me consome ferindo o meu peito
Pra esqueçer esse amor francamente não tem jeito
Viver sem o seu calor
Bato o pé e não aceito
Fechou o tempo escureceu e ficou preto com alguém que foi embora
Bagunçou o meu coreto, coração que era certo já apresenta algum defeito
Um desprezo de um amor desconcerta um sujeito
Fechou o tempo escureceu e ficou preto com alguém que foi embora
Bagunçou o meu coreto, coração que era certo já apresenta algum defeito
Um desprezo de um amor desconcerta um sujeito
Viver sem o seu calor
Bato o pé e não aceito
Viver sem o seu calor
Bato o pé e não aceito

Vídeo incorreto?