Será que vai dar certo, você de lá e eu aqui
Ou vai virar saudade, coisas que eu nunca senti
Será que vai dar certo, acostumar sozinho
Dormir com a solidão, numa cama de espinhos
Amanheci não clareia, eu tô com ela na veia uma saudade sem fim
O sol que clareia a rua, faz minha sombra a sua imagem grudada em mim
Meu deus eu tô perdido e esse amor bandido, não me dá sossego
Tô no fio da navalha jogando a toalha, deus eu tô com medo
Meu deus arruma um jeito de arrancar do peito a dor dessa paixão
Me põe na vida dela ou então tira ela do meu coração
Será que vai dar certo, acostumar sozinho
Dormir com a solidão, numa cama de espinhos
Amanheci não clareia, eu tô com ela na veia uma saudade sem fim
O sol que clareia a rua, faz minha sombra a sua imagem grudada em mim

Meu deus eu tô perdido e esse amor bandido, não me dá sossego
Tô no fio da navalha jogando a toalha, deus eu tô com medo
Meu deus arruma um jeito de arrancar do peito a dor dessa paixão
Me põe na vida dela ou então tira ela do meu coração

Vídeo incorreto?