Essa dor de perda, ando se aqui condena
Flecha atravessada, sangra e arrebenta
É assim que se derruba, um homem sem ferir
Atingindo o coração, a ponto de cair
Eu sinto um aperto, uma dor tão sufocante
Não te dei valor, como um verdadeiro amante
Te deixei escapar, pro braços de outro alguém
E hoje sinto a dor de um amor que não te dei

O que me consome, ao ouvir seu nome
Não sou mais seu, sangra peito meu
Fica no passado, partes das lembranças
De ser seu namorado.… (2x)

Vídeo incorreto?