O tupinambá inalou paricá
No centro da selva
Invocou os prazeres com seu tamurá
Os deuses do rio, os seres do ar e os bichos rivais
E o grande pajé bebeu mururé
Encanta a aldeia, fiel curandeiro
Do chá de aguapé
Que dança o balé, na igarité, no igarapé
Dança pajé, dança pajé
Guerreiro pajé, curandeiro pajé
Celebra o luar, expulsa o anhangá
Avisa que o mal nunca vai afetar
O encontro tribal, encanto geral
Na busca da paz, na língua geral
Retoma o lugar, parece um altar
No centro da okara oferece um grande ritual
Pajé, pajé, pajé
Pai'ni pajé, pa'in pajé
Óóóóóó Pajé
Dança pajé ao som do inhã'bé
Todas as tribos reunidas na festa dabacuri
Mavutsinim bebeu mariri, tomou caxiri

Vídeo incorreto?