Meu libertador


José pegou sua esposa e seu filho e foram para a África
Pra fugir da ira de um cruel rei
Junto às margens do Nilo eles ouviram a música
Que as crianças escravas costumavam cantar
Elas cantavam

(coro)
Meu libertador está vindo
Meu libertador está conosco

Por uma terra seca e sedenta
A água dos montes do Quênia se derrama no coração partido do Lago Sangra, seu coração partido
Nos ventos do Saara
Moisés ouviu o mundo todo a clamar
Pela cura que viria das feridas do próprio Deus
Ouço Moisés cantando

(repete o coro)

Ele nunca vai quebrar Sua promessa
Ele escreveu isso sobre o céu

Ele voltará
Ele voltará um dia
(Assim como Ele disse que viria)

Eu nunca duvidarei de Sua promessa
Apesar de duvidar de meu coração e meus olhos
Meu Libertador está vindo
Meu Libertador está comigo

Comigo, ele está comigo
Liberta-me, liberta-me