Foi avisado lá não era um bom lugar,
O príncipe ordenou não ser tão curioso.
Aquilo podia matar
Não precisava entender
O que chamam civilização.

Partiu com um sorriso na face
Sem dar ouvidos lá se foi.
Qualquer dia, qualquer lugar,
Precisava provar.

Michel Ohgata vai pra cidade aprender
Vivenciar o belo ver o seu superior
Tratado como diferente se assustou
Passaporte
Passeou a morte.

A lei para os indesejáveis,
Louros ao vencedor!
Se arrependeu em estar ali e quis fugir
Um preço alto demais a pagar.
Não precisa mais do que já sabe.
Eles não confiam em ninguém
Não respeitam o sol,
Não agradecem à lua.

Michel Ohgata deixa a cidade sem entender.
Por que complicam tanto?
Por que não deixam viver?
Não entendia a sorte não sabia o que era fé
Não se encaixava em um destino.

Quem precisa ensinar?
Quem precisa aprender?

Vídeo incorreto?