Agora que somos melhores compradores vamos descontar,
O tempo perdido
Não importa o passado,
O que ficou pra trás
Sempre melhores podemos pagar
Um sonho de vida, mais uma mentira, poderemos nos tornar
Máfia capixaba, quatrocentões,
Tradicional família mineira

Somos ricos e é isso que importa
Civilidade ficam pra depois
Sentimos quem ficou na porta
Não foi preciso tanta instrução

Se a violência paga as contas
O que importa é que estamos bem
Outro financiamento, já estamos na média!
Dirigimos rápido, o futuro é logo ali

Não nos importamos com quem vai a pé
E deveria se apressar,
Grilagem paraense, nacionalismo gaúcho
Viúvas de Dom Pedro

Somos ricos e é isso que importa,
Civilizados ficam pra depois
Sentimos muito pela inundação
Mas nossos carros podem flutuar

E a criança obesa morre do coração
Seremos tudo que vimos na televisão
A massa ganha as ruas, setenta vezes pra pagar
São mais promessas, é mais governo
E na república de bons consumidores
A professora apanha, o tráfico troca de mão
Talvez seja tarde demais, pra não morrermos
De crack, tiro ou colesterol

Somos ricos e é isso que importa,
Civilidade ficam pra depois
Sentimos muito pela inundação
Mas é preciso especular

Vídeo incorreto?