Amici mai (tradução)


Esta noite, não me telefone
não, esta noite, devo sair com ele
Você sabe que não é possível
Eu o quero
Mas depois me dá vontade de chorar.

Certos amores não terminam
Dão voltas imensas e depois voltam
amores indivisíveis
indissolúveis
inseparáveis.

Mas amigos nunca
porque quem se aproxima com nós
nãn é possível
odiar-se nunca
porque quem se ama como nós
basta sorrir
não, não, não chore
mas como faço eu para não chorar.

Tu para mim és sempre o único
extraordinário,normalissimo
próximo e inacessível
não confiável,incomprensível
mas amigos nunca
porque quem se aproxima com nós
nãn é possível
odiar-se nunca
porque quem se ama como nós
seria inútil.

Nunca, nunca o tempo passará
Nunca, nunca o tempo vencerá.
Nosso não nos conhecermos
para depois nos recuperarmos
É uma tortura de viver.

Mas esta noite não me deixe
Não, esta noite, não sair com você
Nosso amor é único
inseparável, indivisível
mas amigos nunca