Corre em minhas veias
Sonham os ancestrais
No meu sangue, que é tinto
Sigo estrelas e pressinto
Os sinais
Então sigo só...o instinto

Como o luar
Iluminar
Noites escuras pra te procurar
No teu segredo esconder
O retrato que eu fiz de você

O mar nos levou
Pra sempre navegar
Sem um porto pra ancorar
E separou
O que era indivisível
A metade do que eu sou
Mas eu vou
Te guardar sempre assim
Quando, eu sinto, sente
Que você ficou em mim

No silencio
Eu te escuto amanhecer
E deixo existir
O instante
Sei que o meu caminho
Cruza em nós dois
Em algum lugar distante

Como vai ser
Sem te encontrar
Se eu já parti
Quando você chegar
A nossa história andará
Por um fio
Por um triz
Por aí....

Vídeo incorreto?