Sei que a minha vida
Não tem mais solução,
Pois não sou mai eu,
Quem manda em mim é Marly.

Já não sou mais dono,
Nem do meu coração,
Que anda com ela
A vagar por aí.
Que anda com ela
A vagar por aí.

Volte coração,
Traga Marly prá mim.
Que eu já não suporto,
Viver na solidão.
Oh, minha Marly
Devolva meu coração.
Que você levou
Quando afastou-se de mim.

Minha queridinha
Onde anda você?
Chamo por seu nome,
E a saudade é que vem.
O meu abandono,
Você faz que não vê,
Volte meu bem,
Venha prá mim.

Vídeo incorreto?