Grito


Tudo que nós sempre fizemos
É a mesma velha coisa de sempre
Como chuva todo dia
Cada palavra como trovão
Tudo que eu sempre tive
É o lance fora da linha
Nunca todo seu coração
Nunca um pouco do seu tempo, mas

Eu não tenho medo
De dizer na sua cara
Que eu fui
Nem um minuto cedo demais
Aqui vem a esperança
Me devolvendo minha alma

(refrão)
Então vá para o inferno
As suas expectativas
Eu não posso fazer nada
Apenas sentar aqui e esperar
Eu estou condenada
Condenada a você
Eu estou condenada
Você não me deixa ser feliz
Você vive para me fazer gritar
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não vou ser nada além de mim
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não posso ser outra coisa além de mim

Tudo que você sempre cantou
É a mesma velha ladainha
Tem uma língua como uma faca
Tem tamanho de um assassino
Eu nem me ligo
Para o que você pensa de mim agora
Eu nunca fui seu estilo
E você não é pesado demais agora

Eu não tenho medo
De quebrar essas cadeias
Aqui mesmo
Antes de você me matar
Não estou certa
Mas não estou errada
De que está lá
Mas o que te importa?

(refrão)
Então vá para o inferno
As suas expectativas
Eu não posso fazer nada
Apenas sentar aqui e esperar
Eu estou condenada
Condenada a você
Eu estou condenada
Você não me deixa ser feliz
Você vive para me fazer gritar
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não vou ser nada além de mim
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não posso ser outra coisa além de mim

É como se eu fosse uma prisioneira
Esperando pela minha salvação
O que eu fiz a você?
Ganhei minha auto conecção
Esse é eexatamente o jeito que sou
Não apenas mais um grão na areia
Eu tenho um coração no meu peito, peito
E ele está inquieto
E ele está inquieto

(refrão)
Eu quero gritar
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não vou ser nada além de mim
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não posso ser outra coisa além de mim
Gritar
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não posso ser outra coisa além de mim
Eu quero gritar
Porque esta sou eu
E eu não posso ser outra coisa além de mim