O verão das trevas


Eu serei a última respiração antes dessa morte
Eu serei o olhar final, de fato, quando não houver ninguém lá
E se eu me envergonhar perante sua face, diminuir sua fé
Eu seria o primeiro a me esconder atrás da desgraça
Sangue derramado - por causa do meu objetivo errado
Traição - na raiz do meu nome envergonhado

Eu encontrei o caminho da queda
Nunca mencionei para não partir seu coração
Respirando em meio esse sofrimento (rejeitando quem eu sou)
Ouço o seu choro novamente (é essa a minha postura definitiva?)
Antes que eu vá embora (antes que eu perca isso tudo)
Você deve saber (eu me odeio só por te machucar)

Eu vejo o fogo reluzir da minha cova
Eu sinto a dor da contradição apodrecer
E se a sombra da insegurança vai contradizer essa vantagem
Então acabe comigo já que a esperança permanece viva
Sangue derramado - por causa do meu objetivo errado
Traição - na raiz do meu nome envergonhado"

Eu encontrei o caminho da queda
Nunca mencionei para não partir seu coração
Respirando em meio esse sofrimento (rejeitando quem eu sou)
Ouço o seu choro novamente (é essa a minha postura definitiva?)
Antes que eu vá embora (antes que eu perca isso tudo)
Você deve saber (eu me odeio só por te machucar)

Esta não é a minha vida
Esta não é a nossa vida
Todos os dias eu morro
Esta não é a minha vida"