Subitamente inesperado, o amor me faz ser o que eu sou
Um homem sem medo e sem maldade
Sou folha que o vento não levou
Sou como as asas de um anjo, vou voando pra te buscar

Minha loucura é alimento pro vício de não te esquecer
Você é o vento que esqueceu de levar a folha com você
Deixando em mim essa dor covarde, que vontade de gritar

Mas o que eu faço, se eu grito em silêncio e você não pode me ouvir
E eu daria mais que um beijo, minha vida só pra ter você de novo aqui

Venha me tirar da tempestade da saudade que você deixou em mim
Porque a vida pode se cansar de nós e ir embora
Deixa o meu suor molhar seu corpo em pelo e acabar com a solidão
Antes que outro vento sopre e leve a folha agora

Vídeo incorreto?